Gestão Ambiental na BR-381/MG: março celebra três datas importantes para a fauna e flora

22/03/2021 – O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e o consórcio Skill-MPB Engenharia, Gestora Ambiental para as obras de duplicação da BR-381/MG, celebra três datas importantes para a fauna e flora durante o mês de março. As datas lembram os trabalhos executados pela autarquia e pelo consórcio para a manutenção ambiental e a redução dos impactos causados à natureza pelo empreendimento.

Além disso, as datas relembram dos compromissos de toda a sociedade para preservar o meio ambiente e as ações executadas na rodovia federal pelos programas socioambientais contidos no Plano de Controle Ambiental (PCA) das obras na BR-381. Dentre esses programas há o de Educação Ambiental, principal promotor de sensibilização ambiental para alunos, professores, comunidades lindeiras, usuários da rodovia e trabalhadores.

A primeira data comemorada é 14 de março, Dia Nacional dos Animais. A celebração foi estabelecida a partir da apresentação do Estatuto dos Animais, no Congresso Nacional em 2012. O Estatuto é destinado a garantir a vida e o combate aos maus-tratos e as demais formas de violência contra os animais, sejam eles domésticos ou selvagens. A fauna selvagem acaba sendo a mais ameaçada. Segundo os dados de 2014 do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) são mais de 1000 espécies de animais em risco de extinção no Brasil.

Já no dia 16 é celebrado o Dia Nacional da Conscientização sobre as Mudanças Climáticas. Segundo a Associação Caatinga e o ICMBio, a celebração foi criada pela lei federal 12.533 em dezembro de 2011, pois nesse dia em 1998 se abriu o processo de reconhecimento ao Protocolo de Kyoto, tratado internacional articulado para levar países desenvolvidos a reduzir suas emissões de gases do efeito estufa, especialmente dióxido de carbono (CO2).

A terceira data relacionada ao meio ambiente celebrada em março é o Dia Mundial da Água, no dia 22. O objetivo da data é colocar em discussão assuntos relacionados com esse recurso natural. A data foi criada em 1992 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e, desde então, todos os países usam esse dia para discutir desde o consumo consciente desse recurso até tratar de ações para manutenção dos mananciais, garantindo o futuro da água para as próximas gerações.