BR-381/MG recebe atividades contra depredações em estruturas e Faixa de Domínio

24/12/2020 – O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) realiza nesta semana ações diretas em pontos da BR-381/MG para sensibilizar e coibir a depredação de estruturas rodoviárias e elementos da Faixa de Domínio. As atividades são realizadas pelo consórcio Skill-MPB Engenharia e tem como objetivo a manutenção de dispositivos de segurança rodoviária já instalados, como placas, painéis de sinalização, defensas metálicas, abrigos de ônibus e obras de arte especiais (OAEs). Nas Faixas de Domínio a intenção da autarquia é evitar a degradação das mudas arbustivas para recuperação ambiental já plantadas no lote 7.

Na sexta-feira passada, a equipe de Educação Ambiental do consórcio fixou cartazes nos taludes das nas cabeceiras das pontes sobre o Rio do Peixe, sobre o Córrego Engenho Velho e sobre o Rio Vermelho. Esses são os primeiros locais onde as áreas de APPs estão sendo recuperadas com cobertura vegetal, todos pertencentes ao lote 7. A recuperação ambiental é feita em locais por onde as obras de duplicação já estão finalizadas.

Já no início desta semana, a equipe iniciou a distribuição de cartazes em locais com circulação de usuários em trânsito e em comunidades lindeiras do lote 7, com mensagem direta apelando para que os locais de plantio não sejam depredados. A necessidade desta campanha surgiu após atos de vandalismo nas mudas plantadas próximas da ponte sobre o Rio do Peixe, localizada no km 426 da BR-381.

Com as atividades avançando para proteção das mudas e módulos paisagísticos, o DNIT e a Gestora Ambiental vão focar em campanhas direcionadas para a conservação dos dispositivos de segurança rodoviária e aos elementos de infraestrutura.

Sinalizações danificadas - Em caso de avaria em sinalização vertical definitiva, por imperícia ou imprudência do condutor de veículo motorizado na BR-381/MG, o DNIT solicita que seja registrado Boletim de Ocorrência junto à Polícia Rodoviária Federal e, em seguida, comunicado ao órgão para que a substituição ou reparo seja realizado no menor espaço de tempo possível.

Com atos de vandalismo ou manobras indevidas, placas, painéis e marcos quilométricos acabam sendo inutilizados, deixando de prestar a devida orientação ao usuário da rodovia federal.








© COPYRIGHT 2018 GESTÃO AMBIENTAL BR-381/MG