BR-381/MG, Programa de Apoio às Atividades de Turismo e Lazer

Conheça o Aquário do Rio São Francisco


06/09/2021 – Com as obras de duplicação da BR-381, no trecho entre Governador Valadares a Belo Horizonte, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) executa uma série de 20 programas e 22 subprogramas socioambientais. Essas diretrizes de trabalhos, apontadas pelo Plano de Controle Ambiental (PCA) dita normas e parâmetros de trabalho para reduzir os impactos sobre o meio ambiente e as pessoas, comuns em empreendimentos com essas dimensões.

Na esteira do PCA, o Programa de Apoio às Atividades de Turismo e Lazer trabalha para mostrar as belezas naturais e pontos de exploração turística nos municípios onde a duplicação da BR-381 atravessa. Com novas pistas ficou mais fácil e rápido chegar à várias atrações turísticas, com mais segurança e conforto. Entre essas atrações está o Aquário do Rio São Francisco. O programa apresenta opções, salvas às restrições de acesso conferidas pela pandemia de Covid-19.

Inaugurado no dia 5 de março de 2010, o Aquário Bacia do Rio São Francisco, localizado dentro do Zoológico de BH, é resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Belo Horizonte e o Ministério do Meio Ambiente. Ocupa uma área de aproximadamente 3 mil metros quadrados, em dois pavimentos, e abriga 22 recintos (tanques) que, em seus variados tamanhos e formatos, contam com um total de mais de 1 milhão de litros de água.

Esses recintos foram ambientados de forma a representar o rio São Francisco, um dos mais importantes do país, propiciando as condições adequadas para manutenção de espécies sob cuidados humanos. A maior atração do complexo é o “Aquário São Francisco”, com capacidade para 450 mil litros de água e que representa um "braço" do Velho Chico (como é conhecido o Rio). Nele estão representados, de forma cenográfica, tanto a margem quanto o fundo do rio. A diversidade da vida também é representada através das relações complexas e dependentes da fauna, da flora e do homem.

O Aquário da Bacia do Rio São Francisco é o maior entre os temáticos do Brasil e destaca várias riquezas culturais do “Velho Chico”. Entre as 60 espécies de peixes que o visitante poderá conhecer de perto estão dourados, curimatãs, matrinxãs, piaus, pacamãs, cascudos, lambaris, mandis, piranhas, pacus, curimbas, piabas, surubins e pirambebas. Além das nativas, o visitante também poderá conhecer espécies exóticas como a carpa, a tilápia, o pacu-caranha e o tamboatá.

Não pode vir ao Aquário do Rio São Francisco? Não tem problema. Você também pode conhecer este espaço de forma virtual, no Portal Minas Gerais (http://visitas.minasgerais.com.br/bhpampulha/index36.htm).