BR-381/MG: conheça o Programa de Treinamento e Capacitação de Técnicos da Obra em Questões Ambientai

28/03/2022 – Dentre a gama de programas socioambientais realizados na duplicação da BR-381, em Minas Gerais, o DNIT executa o Programa de Treinamento e Capacitação de Técnicos da Obra em Questões Ambientais. Este programa trabalha para promover a conscientização e mudança de comportamento dos diferentes públicos frente à dimensão ambiental e social que envolve o projeto e impactam as populações locais, visando à redução dos impactos das obras.

Além disso, o foco é fomentar, junto aos participantes das atividades, a maior compreensão sobre a conexão entre os elementos que compõem o meio ambiente, os aspectos sociais, os recursos naturais, a interferência do homem no ambiente e os cuidados necessários para a preservação dos recursos e minimização dos impactos. Faz, ainda, a promoção do incremento na segurança de pedestres e dos motoristas durante a realização das obras.

Este programa indica ações destinadas a prevenir e a combater incêndios resultantes direta ou indiretamente do empreendimento, estabelecendo os procedimentos, cronograma e custos visando sua implementação. Contribui para a manutenção da segurança da população e dos bens das margens da rodovia e, ainda, auxiliar na conservação da biodiversidade florística e faunística dos remanescentes de vegetação.

Estas ações, descritas pelo programa, são executadas pela equipe de Educação Ambiental do consórcio Skill-MPB Engenharia (gestora ambiental) diretamente a três públicos-alvo, sendo eles as comunidades lindeiras (escolas, comércios, lideranças comunitárias), os trabalhadores da obra e os usuários da rodovia (motoristas e/ou pedestres). As campanhas englobam oficinas (restritas por conta da pandemia de Covid-19), atividades diretas com os públicos, participação em eventos, Diálogos Diários de Segurança (DDS) com trabalhadores, campanhas de Comunicação Social – com entrega de materiais, colagem de cartazes, entre outros serviços.

Todos os programas e subprogramas socioambientais desenvolvidos nas obras de duplicação da BR-381/MG são regidos pelo Plano de Controle Ambiental (PCA), que traça ações para reduzir ou eliminar os impactos das obras no meio ambiente, nas comunidades lindeiras e para os usuários em trânsito. Esse trabalho acontece em paralelo ao avanço das obras, em todos os lotes da duplicação.